Existem pessoas que buscam a luz do outro mas esbarram nas próprias limitações.Até experimentam a luz, mas não conseguem “bancar” a manutenção do contato. Elas evoluem e se tornam pessoas iluminadas, que têm a coragem e a capacidade de absorver as luzes dos outros sem os prejudicarem. Elas evoluem e se tornam pessoas que aprendem a gerar a própria luz. São mais que iluminados, são estrelas de diversas intensidades. A esses, sabiamente, a existência imprime o impulso de buscar trevas. Eles nunca vão conhecê-las, porque por onde passarem, vão iluminar…pessoas que buscam a luz do outro…e assim infinitamente. Maravilha da existência.