Tem pessoas que precisam ter o controle total sobre a própria vida. Isto é impossível. Daí essas pessoas aprimoram técnicas, planilhas, fazem planejamentos detalhados e acabam vivendo um personagem. Quando o amor lhes bate à porta, elas desestruturam, enlouquecem. Sabem que toda a racionalização que criaram, por medo do descontrole, está inviabilizando a entrada desse amor em suas vidas. E, isso sim, as descontrola. É o cachorro correndo atrás do próprio rabo. Ou tombam exaustas ou saem em desespero e mordem, de raiva, o primeiro infeliz que aparece rsrs. Algumas coisas na vida funcionam com controles e planilhas…o amor não.