A necessidade faz a gente comer.
O desejo faz a gente comer muito.
A vontade faz a gente não exagerar para não se estragar.
Não fosse o desejo, a vontade não existiria, não teria por que.
A necessidade nos bastaria.
A necessidade nos basta.