O impulso de vingança está no inconsciente coletivo. Vingando-se você age como fantoche desse inconsciente. Não é a sua consciência e nem a sua percepção que estão em ação. Não é você. Diante de uma agressão sofrida, o grau da sua consciencia e da sua percepção podem te apontar para a defesa, para o ataque ou para o perdão. O perdão depende de uma “ficha” que cai na sua consciência que revela ser a generosidade consciente um atalho para a saúde e para a harmonia. O perdão necessita do grau mais alto de conciência e percepção. Perdão não vem com treino. A consciência sim. Meditação.