1 Odeie-se

2 Desconte seu ódio, de maneira bem velada, nos outros

Daí o resto é fácil:

3 Perca o amigo mas não perca a piada, porque o bom mesmo é malhar os outros, ser gozador. O humorista que SE faz risível é coisa que precisa de humildade e, pra você, isso é igual a humilhação.

4 Sempre que quiser falar alguma coisa, fale sem prestar atenção na reação do outro com quem você está falando

5 Socialmente, fale sempre muito SÓ de você ou dos assuntos que TE interessem. Se for falar do outro, foque o assunto sempre nas limitações DELE, isso inclusive te dará uma sensação deliciosa de superioridade.

6 Não se preocupe se, ao fim da conversa, só você falou. O importante é você descarregar os seus conteudos

7 Use tudo o que o outro diz, CONTRA ele

8 Quando estiver a dois, fora do trabalho, fale ao celular à vontade, por longos minutos e nem perceba a cara de reticências do outro. Se estiver a dois em um restaurante e um conhecido sentar-se à mesa do lado, converse o tempo todo com ele igualmente ignorando o seu convidado.

9 Se alguem te der um bom conselho, que ele mesmo não ponha em prática, não deixe de jogar isso na cara dele: “Mas foi você quem me aconselhou isso, e você mesmo não faz”

10 Se o outro tem um problema, não esqueça de dar sempre a SUA solução e nunca pense se ela se aplica ao outro, afinal VOCÊ, como modelo matricial humano ideal, não só sempre sabe de tudo, inclusive dos outros, como também é a referência única no universo. Mas isso só no caso de você ter uma recaída e quiser ajudar DE FATO o outro

Se, um dia, você sentir que está sozinho e isso for doloroso, não é porque você é intolerante, egocêntrico, preconceituoso e arrogante, é esse mundo horroroso que não está à sua altura.