Um raio de luz não escolhe onde vai.

Simplesmente ilumina por onde passa.

Como não é ele que escolhe o seu caminho,

O Creador traça a sua rota, e nela, coloca todos

Os que devem ser iluminados pelo raio.

Assim, certamente, e por determinação do Creador,

todos os que recebem a luz, a recebem por divino merecimento.

Fica mais bonito ainda, perceber que todos nós somos raios de luz.

Que iluminamos e somos iluminados por todos e a todos que nos rodeiam, o tempo todo.

Então, estamos sempre no lugar certo na hora certa.

Obrigado por me iluminar e por receber a minha luz, segundo a regência do Creador.

Por que, para mim, este é um dos maiores sentidos desta e de todas as existências.