Meditação é melhor aprender com um gurú de verdade e ao vivo. Hoje em dia isso é coisa rara.
Eu não tive essa oportunidade mas nem por isso deixo de praticá-la com alguma frequência.
Pratico a que aprendi lendo a respeito, mas principalmente aprendi fazendo e, confesso, me é bem satisfatória.

Vou dizer aqui o que é essa meditação.

Pra que serve?

Serve principalmente pra você ter um contato mais intimo com você mesmo, com o seu “Eu verbo”, a sua energia primeira, a que anima o seu corpo. Aquela que é ação pura, solução e paz plena.

Como faz?

Calar o seu “Eu substantivo”, o ego físico, mental e emocional.

Sente-se, fique quieto, coluna erecta, esqueça os desejos….se der vontade de ir ao banheiro, vá, de fazer uma anotação, faça, se for imprescindível fazer uma ligação, faça…daí pare.

Até aqui você já calou o seu Eu substantivo física e emocionalmente. Falta uma etapa: a mental. Isto significa que você vai silenciar a mente enquanto durar a sua meditação. Aqui vem a dificuldade maior: parar de pensar. Conseguir isto é quase uma arte, é como aprender a tocar um instrumento musical, requer prática.
Se você se propuser a parar de pensar, fechar os olhos, verá que a sua mente vai despejar na sua “tela mental” um grande número de imagens com as quais você ficará tentado a interagir, “trabalhar” essas imagens…pode ser uma lembrança da infância, um acidente que você viu na tv, um compromisso para amanhã, qualquer coisa….Se você interagir com essas imagens, estará pensando. Se você ficar INDIFERENTE a essas imagens, isto já é não pensar…ainda não é o estado meditativo mas é um grande progresso.

Se você MANTIVER essa indiferença em relação à imagens sugeridas pele sua mente,
elas virão em número cada vez menor…e, se você for bem persistente, vai chegar um momento em que essas imagens pararão…ficará um nada…esse nada é o começo do estado meditativo… poucos músculos do seu corpo estarão cuidando do seu equilíbrio e da sua respiração diafragmática…aquela respiração pela barriga de quando a gente está dormindo .

Quanto mais tempo você permanecer assim, mais intensa e profundamente o seu “Eu verbo” atuará no seu corpo (físico, mente e emoções)
plenificando-o de paz e saúde.

Se de todo for muito difícil para você conseguir este estado de silêncio mental, um exercício de concentração ajuda muito. De olhos abertos escolha um ponto mínimo na parede, no horizonte ou acenda uma vela e se concentre nesse ponto ou na chama da vela por alguns minutos, isso o ajudará a “esvaziar” a mente.

Se você gosta do assunto e deseja se aprofundar aqui vão umas dicas de gurús de verdade que ensinaram meditação:

Osho Rajneesh
Sri Ravi Shankar
Paramahansa Yogananda
Sri Ramana Maharsh
Sathya Sai Baba